Hagia Sophia, Turquia

Hagia Sophia, em Istambul é agora um museu, mas até 1935 era uma mesquita. Construída entre os anos 532 e 537, é considerada um exemplo clássico de arquitetura Bizantina, e foi encomendada pelo imperador Justino. Vale a viagem.

Angkor Wat, Cambodia

Angkor é a região do Cambódia que serviu como reino do império Khmer, do século 9 até o 15. As ruínas se encontram no meio de florestas e próximas ao Lago Tonle Sap. Existem mais que mil templos nesta região, e o principal é o da foto, o Angkor Wat. Viaje e descubra!

Tower Bridge, Londres

Um dos pontos mais conhecidos de Londres é a Tower Bridge. Terminada em 1894, é considerada um marco histórico de engenharia. A pontte oferece vista privilegiada para outros pontos turísticos, como a Catedral de St. Paul, e o London Eye, a roda gigante gigante! Além disso, tem uma história fascinante, que você pode aprender no […]

A Sagrada Familia, Barcelona

A Sagrada Familia é uma igreja monumental, e o projeto mais famoso do gênio visionário, o arquiteto Gaudi. Iniciada em 1883, até a morte de Gaudi, em 1926, ainda não havia sido acabada. Só foi concluída em 1952, mas até hoje existem reformas para que fique fiel ao projeto inicial. A arquitetura apresenta um sistema […]

Golden Pavillion, Kyoto, Japão

O Golden Pavillion, ou Pavilhão Dourado, é realmente coberto (folheado) de ouro. Esse templo, localizado em Kyoto, no Japão, existe desde 1220, e é dividido em 3 andares. O primeiro, no estilo de um palácio. O segundo andar, no estilo da residência de um samurai. E o terceiro, nos estilo de um templo Zen. O […]

Machu Picchu, Peru

Localizada a 2400 metros de altitude, este local é considerado a cidade perdida dos Incas. Construído por volta de 1450, no Peru, e abandonada 100 anos depois, na época da “conquista” espanhola, a cidade ficou “esquecida” até 1911, quando o historiador americano Hiram Bingham a “redescobriu”. Faça reservas para conhecer este pico, que foi declarado […]

CATEDRAL DE HELSINKI, FINLÂNDIA

Iniciada em 1830 e terminada em 1852, a Catedral foi construída como um tributo ao Czar da Russia, Nicholas I. Por isso, até a independência da Finlândia, em 1917, era chamada de Igreja de São Nicholas. Projetada no estilo neoclássico por Carl Ludvig Engel.